dois:pontos

Transformando GIFs em vídeos de um jeito fácil

- 2 min

Geralmente, sempre que possível tento fazer as coisas no software mais leve que atenda as minhas necessidades. Por exemplo, um retoque ou criação de imagens eu faço no GIMP, a não ser que eu realmente precise de um recurso que ele realmente não tenha.

Para conversão de vídeos, sempre preferi o Handbrake1, devido à sua leveza e facilidade de uso. Mas quando tentamos converter um GIF para um vídeo, a coisa não parece tão óbvia assim. Temos diversas formas de converter vídeo para GIFs2, mas o contrário não é tão fácil de encontrar. Aonde eu vou converter isso, então? Pois é, o Handbrake converte.

Handbrake convertendo um GIF Ao arrastar ou abrir um GIF, o Handbrake já está pronto para converter em vídeo. Basta escolher uma pré-configuração ou fazer os demais ajustes manualmente.

É só selecionar um GIF e abrir ou arrastar para a janela, selecionar o formato do vídeo e voilà!

Porque converter um GIF para um vídeo?

O GIF é o único formato de imagem que suporta quadros de animação, por isso virou febre desde os anos 90. Hoje se compartilham memes no formato, geralmente tirados de trechos de filmes, ou até mesmo animações explicativas de alguns programas.

O fato é que o formato possui suas limitações, como cores limitadas e tamanhos grandes de arquivo, dependendo da animação. Em certos casos, é melhor usar um vídeo em seu lugar. Estes podem ser usados sem controles (dando uma aparência de um GIF), sem aquele limite de cores e pode resultar em tamanhos menores de arquivo: o que significa que as páginas podem ficar mais leves com um vídeo em vez de um GIF, por mais estranho que isso possa parecer.

O arquivo que usei para testar foi este3, uma animação da rotação de Tritão, um satélite de Netuno. O arquivo tem 13,8 MB. Ao converter o arquivo para um MP4, o arquivo final ficou com apenas 1,1 MB.

Não acredita? Faça o teste.

Comentários