dois:pontos

Qual a diferença entre um site estático e um dinâmico?

- 2 min

No início da internet só existia uma maneira de fazer um site: usando diversos arquivos HTML. Hoje, no entanto, podemos escolher qual a melhor maneira de criar um, balanceando pontos negativos e positivos para proporcionar uma melhor experiência tanto para quem mantém quanto para quem navega.

Este artigo é voltado para aqueles que ainda têm dúvidas sobre o que é um site estático ou dinâmico. Se não possui dúvidas a respeito e não queira ler, fique a vontade e leia outros artigos do blog!

Sites dinâmicos

Sites dinâmicos Sites dinamicos: páginas geradas em tempo de execução

Vantagens

Não é mais necessário criar centenas de arquivos em HTML: eles são gerados na hora em que são acessados no servidor. Portais de notícias, sistemas complexos podem ser criados, graças a esta possibilidade.

O famigerado Wordpress é fruto desta modalidade de criação de sites, dando ferramentas para a inclusão de conteúdo de maneira mais acessível para o usuário leigo em programação. Existem diversos outros sistemas do tipo.

Desvantagens

O custo se apresenta na hospedagem, pois sites dinâmicos exigem mais processamento do servidor, e se este não é rápido o suficiente, haverão instabilidades. Além disso, deve-se aumentar a preocupação com a segurança, pois caso mal implementada, informações sensíveis podem ser acessadas do banco de dados.

Sites estáticos

Sites estáticos Sites estáticos: páginas são exibidas como são.

Sites estáticos são apenas os clássicos arquivos HTML, do início da internet. Somam-se a eles as imagens e scripts e pronto. É a forma nativa de exibição de conteúdo no navegador.

Vantagens

São rápidos e exigem pouco do servidor, pois não há processamento por detrás, apenas a exibição de um arquivo pronto. Por isso o nome estático: ele é apresentado como é.

Desvantagens

O problema deles é que a manutenção se torna complexa: cada alteração em um link, por exemplo, deve ser alterada manualmente em todos os arquivos HTML do site. Em um site grande isso é inviável, por questões óbvias.

Geradores de sites estáticos

Sites estáticos Sites gerados: páginas feitas com outras tecnologias são compiladas para conteúdo estático.

Felizmente para contornar esta dificuldade existem os chamados geradores de sites estáticos, que provêm uma mistura entre a facilidade de desenvolvimento de um site dinâmico sem banco de dados e a distribuição do resultado como um site estático puro. Este site faz uso de gerador de sites estáticos chamado Gatsby.

Qual tipo de site escolher?

Se o site é composto apenas por páginas informativas, cujo conteúdo não muda todo dia (ou hora), vale a pena usar um estático, seja o padrão ou com um gerador. Não é preciso hospedar um site dinâmico na maioria dos sites institucionais simples. Isso barateia a hospedagem e exige menos custos de manutenção.

Porém se o site tem informação mudando o tempo todo, ou é um sistema que reage a cada caso apresentado a ele, é necessário usar um site dinâmico para garantir o funcionamento. Páginas estáticas não interagem com as informações e apenas as apresentam.

Site misto

O melhor é, se possível, usar um sistema misto: páginas informativas servidas de modo estático e páginas mais complexas como lojas e sistemas diversos, com autenticação e tudo mais, de modo dinâmico.

Comentários